Dr. David Nordon

Rua José António

Coelho 801 - Vila Mariana

São Paulo - SP

​​

E-mail

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

CRM 149.764

TEOT 15.305

Dor do Crescimento existe de verdade?

 

 

Uma dor difusa nas pernas, sem causa definida, que ocorre especialmente às noite. Saiba mais!

 

Muitas crianças reclamam de dores nas pernas que aparentemente não têm explicação. A dor do crescimento é uma delas: geralmente acomete crianças após atividades físicas mais intensas, ao se deitar, à noite, melhoram sozinhas ou com massagem e/ou medicamentos após 30 minutos a duas horas, e por isso muitos pais acham que se trata apenas de frescura - mas não é!

 

Apesar do nome, a dor do crescimento não tem absolutamente nada a ver com as fases de maior crescimento da criança. Ela ocorre entre os 4 e 10 anos, fase em que a criança cresce relativamente pouco em relação aos estirões que ocorrem antes e depois desta idade. O nome adequado é muito complicado - dor paroxística noturna idiopática dos membros inferiores -, de forma que o termo dor do crescimento, ainda que errado, ficou.

 

A dor do crescimento geralmente é difusa nos membros inferiores, bilateral, melhora com medicação e repouso e pode durar um longo tempo - às vezes mais de um ano. No entanto, para se ter certeza de que se trata deste diagnóstico, o médico tem de excluir todas as outras causas de dores nos membros - e são inúmeras. Por isso, o ortopedista poderá pedir radiografias e exames de sangue para avaliar seu filho.

 

Se todos forem negativos, suspeita-se de dor do crescimento. É importante realizar um seguimento periódico da criança, durante e após a dor passar, para ter certeza de que não se trata de outro diagnóstico que passou despercebido e de que está evoluindo conforme esperado.

 

 

Ficou com dúvidas? Deixe um comentário ou marque uma consulta 11-5579-9090!

 

Um grande abraço, 

 

Dr. David Nordon.

CRM 149764

TEOT 15305

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload