Dr. David Nordon

Rua José António

Coelho 801 - Vila Mariana

São Paulo - SP

​​

E-mail

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

CRM 149.764

TEOT 15.305

Sentar em W faz mal?

 

 

O que é sentar em W?

Sentar em W é quando uma criança senta com os joelhos para frente, as pernas dobradas por baixo e os pés para fora, formando, literalmente, um W. No entanto, a forma mais conhecida de sentar por todos nós, brasileiros, é o que chamamos de “indiozinho” – que seria na forma de um Pretzel, se você quiser, com as pernas cruzadas para dentro.

 

Quem senta em W?

Sentar em W, na realidade, é uma posição adotada por crianças entre 4 e 8 anos (às vezes menos, às vezes mais), sendo uma forma mais estável de se sentar, na qual elas conseguem estabilizar mais o tronco e usar mais as mãos. Para nós, adultos, é insustentável por mais do que alguns minutos (ou segundos), mas, para crianças, pode ser muito confortável. Especialmente porque a maioria delas possui uma coisa chamada anteversão femoral.

 

Anteversão femoral?

O fêmur se articular com a bacia através da sua cabeça e seu colo. Na criança, esta cabeça está mais virada para frente (na maioria das vezes), o que é natural – é a anteversão femoral. Tente imaginar que, toda vez que a criança vira a coxa para fora (como para sentar em “indiozinho”), a cabeça do fêmur vai ainda mais para frente. Por outro lado, quando ela vira a coxa para dentro (como ao sentar em W), a cabeça fica mais para trás – e mais alocada no quadril.

 

Mas isso vai fazer o quadril do meu filho sair do lugar?

É um pensamento natural, mas fique tranquilo: não vai. Nesta idade, ou o quadril já luxou, ou não vai luxar mais. Da mesma forma, não faz mal para nenhuma articulação, como joelhos ou tornozelos.

 

E a musculatura do tronco?

Esta é uma preocupação comum de fisioterapeutas; como as crianças ficam muito estáveis, supostamente ocorre um desenvolvimento menos acentuado da musculatura do tronco. No entanto, é importante lembrar: as crianças não passam o dia inteiro sentadas em W. Portanto, ao longo do dia elas também farão atividades que promoverão o desenvolvimento de sua musculatura.

 

Então, por que falam que faz mal?

As pessoas que falam contra sentar em W geralmente reproduzem razões apresentadas por profissionais não especialistas em ortopedia infantil e alguns poucos artigos de má qualidade metodológica. Na verdade, há muito mais opiniões do que fatos a respeito disso.

A má impressão a respeito desta posição surgiu provavelmente da observação de que crianças com deficiência muscular preferem esta posição – pois é mais estável. E estas mesmas crianças possuem encurtamentos musculares e rigidez – e aí, começaram a confundir causa com consequência, e a informação foi veiculada cada vez mais, até mesmo em faculdades! É como se falássemos: “Fazer regime engorda, porque eu só vejo gordo fazendo regime...”.

 

Resumindo...

Não há evidência alguma de que sentar em W faça mal para o seu filho. Não precisa ficar brigando com ele para adotar a posição correta, pois tudo não passa de um mito.

 

Por outro lado, se ele começar a mancar ou reclamar de dor, é importante que seja avaliado por um ortopedista infantil, pois outras doenças podem estar em jogo.

 

Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário ou marque sua consulta!

 

Um grande abraço,

Dr. David Gonçalves Nordon.
CRM-SP 149.764/TEOT 15.305

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload